SBJD – Aeroporto de Jundiaí

Boa noite!

Eu sou nascido em Jundiaí e aqui moro até hoje, então, tudo o que faço é aqui, menos a faculdade, mas apesar de estudar em São Paulo, ainda moro nessa pequena cidade de 430 Km², aproximadamente 380 mil habitantes, 1 shopping center com grandes lojas (o outro está quase pronto), a cidade recebe habitantes de mais de 5 cidades que são próxima mas não tem muita infraestrutura, então seus moradores resolvem alguns problemas e passam fins de semana em Jundiaí. A cidade no geral é muito boa para morar, por enquanto, pois estão tendo várias construções de prédios e condomínio e o número de habitantes está crescendo muito, só que as ruas não suportam tantos carros, e o trânsito está se tornando caótico. Para quem trabalha em São Paulo e Campinas ainda é uma boa opção se mudar pra cá, os preços ainda estão baratos comparados à essas cidades.

Vamos ao que interessa aqui, o aeroporto da cidade. O aeroporto de Jundiaí recebeu o nome do Comandante Rolim Adolfo Amaro que de 1972 à 2001 foi dono de todas as ações da TAM e faleceu em um acidente de helicóptero em 2001. Nos últimos anos o aeroporto teve um grande aumento em suas operações, principalmente de aviação executiva, e com isso, hoje existem muito hangares e muitas aeronaves que ficam aqui no aeroporto. Aqui operam aviões de todos os tipos, desde clássicos à monomotores, turbohélices, helicópteros,  jatos de pequeno porte, e maior aeronave que opera aqui no momento que é o ATR42 da JADlog. Dá para perceber que o aeroporto opera nas mais diversas áreas da aviação, como carga, passageiros, instrução e executivos.

Para a área de Carga, temos muitas empresas que operam principalmente com os monomotores Cessna Grand Caravan. Fretamento de aeronaves para transporte de passageiro podemos encontrar os mais diversos modelos de Cessna Citation e também de aeronaves Hawker Beechcraft além de helicópteros. Se você quer instrução, pode voar Planadores, Cessna 152, Cessna 172, Paulistinha e até os renomados Cirrus. No aeroporto também temos o maior centro de manutenção da Cessna fora dos Estados Unidos.

A rota de aproximação da pista 33 de Viracopos em Campinas (ICAO: SBKP/ IATA: VCP) passa pelo setor Oeste (O ou W) do aeroporto de Jundiaí (ICAO: SBJD/ IATA: QDV), limitando a operação de algumas aeronaves nesse setor dependendo da operação em Viracopos, e como o tráfego está se elevando, isso acaba congestionando o aeroporto nos horários de pico, mas nada que um bom Controlador de Tráfego não resolva.

As orientações das cabeceiras em Jundiaí são 18/36, a pista tem cerca de 1400 Metros de extensão por 30 Metros de largura, ele fica 7 Km afastado do centro da cidade e cerca de 65 Km do centro da cidade de São Paulo. A elevação é de 740 Metros ou 2500 ft (pés).

Qualquer dúvida sobre o aeroporto, mande um e-mail para o blog em avclaviacao.gmail.com e tentaremos respondê-la.

Muito Obrigado,

Carlos Eduardo Damasceno”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s